11/09/2017

Nossos versos, nossas dores, nossas delícias

Motivo #282

Sensacional! A poesia gay brasileira está prestes a ganhar sua primeira antologia, graças à belíssima inciativa da jornalista Marina Moura e da designer Amanda Machado. Trinta e sete autores foram selecionados pelas idealizadoras para compor a obra. "São diversos poetas que se posicionaram no mundo homossexual sobre amor, sexo, amizades e preconceito”, contou Amanda à Rede Brasil Atual. Entre eles, há baluartes literários como Caio Fernando Abreu (foto), Carlos Drummond de Andrade, Hilda Hilst e Mário de Andrade. Para concretizar o projeto, Marina e Amanda iniciaram um financiamento coletivo na catarse.



Motivo #283

Cerca de 30 homossexuais perseguidos na Chechênia - simplesmente por serem gays - foram acolhidos pelo governo do Canadá nos últimos três meses, ganhando status de refugiados. Com isso, eles agora podem viver e trabalhar legalmente no país. A ONG Rainbow Railroad, com sede em Toronto, teve papel decisivo nessa importante conquista. Veja mais.

Motivo #284

E a ajuda aos gays chechenos ganha, além de reforços, novos contornos. Aliás, que contornos... Todd Hanshaw, fundador da agência Collectif TBD Models, lançou um calendário HOT, com muitos corpitchos e bumbuns esculturais à mostra, clicados pelo fotógrafo mexicano Balthier Colfi, em favor das vítimas. Todo o dinheiro arrecadado com a venda do 'Butt 2018' será doado à Rainbow Railroad.

Motivo #285

Outra emblemática publicação anti-atrocidades homofóbicas foi lançada no fim do ano passado: a HQ 'Love Is Love', das gigantes DC Entertainment e IDW Publishing, que homenageia as 49 vítimas do atentado na boate Pulse, em Orlando, Estados Unidos, ocorrido em 2016. As 144 páginas da obra trazem histórias de 250 desenhistas aclamados, mostrando as consequências da tragédia entre ficção e realidade, e personagens icônicos da DC, como Superman, Batwoman (foto) e Mulher-Maravilha.



Motivo #286

Logo após o atentado na Pulse, Orlando ganhou o Exército dos Anjos, um grupo de ativistas que, equipados com imensas asas, protegem - sobretudo dos ignorantes e intolerantes raivosos - toda e qualquer cerimônia realizada na cidade para homenagear as vítimas. Conheça, emocione-se e orgulhe-se aqui.

Motivo #287

Mais um medalhista olímpico e recordista mundial se juntou ao team-rainbow:
Colin Jackson, ex-corredor britânico hoje com 50 anos, assumiu ser gay num documentário sobre atletas homossexuais. Jackson bateu o recorde mundial de 100 e 60 metros com barreiras, conquistou uma medalha de prata nas Olimpíadas de Seul (1988) e foi três vezes campeão mundial.

Motivo #288

Temos o brilhante e ímpar Sam Smith - que acaba de lançar seu novo single, 'Too Good At Goodbyes' - no nosso time.




Saiba mais sobre o Projeto Orgulhão