21/08/2017

Supremacia multicolorida

Motivo #261

Celebremos, nos orgulhemos e perpetuemos:



Motivo #262

No Recife (PE), foi aberto um curso pré-vestibular gratuito voltado a transexuais, travestis, gays, lésbicas, bissexuais e pessoas de baixa renda da capital pernambucana. Organizado pelo Movimento Rua, o projeto Educar É Transformar já recebeu cerca de 60 inscrições e conta com o trabalho de quase 100 professores voluntários. Leia aqui.

Motivo #263

Gigantes da tecnologia como Airbnb, GoDaddy, PayPal, Facebook e Google estão banindo usuários ligados aos grupos supremacistas brancos e antigays que realizaram violentos protestos em Charlottesville (EUA). Até a empresa de crowdfunding GoFundMe removeu do seu site uma campanha aberta para arrecadar dinheiro em favor do assassino James Alex Fields - ele atropelou ativistas antidiscriminação e matou a assistente jurídica Heather Heyer.

Motivo #264

'Dream Daddy', um game de encontros entre pais gays, é sucesso absoluto na Steam, principal plataforma de jogos para computadores. Lançado em julho, o game já atraiu mais de 150 mil usuários e cintila na lista dos mais vendidos do planeta. Assista ao trailer:



Motivo #265

Temos o apoio do ex-pugilista Acelino Popó Freitas, tetracampeão mundial e pai de um filho gay, hoje com 17 anos. Em entrevista ao UOL, Popó disse que não vê problema na orientação sexual do adolescente e que o ama igualmente. Mais: se vierem maltratá-lo, sentirão o peso da porrada do papai boxeador.

Motivo #266

Power Rangers nos representam! Trini, a Ranger Amarela, interpretada por Becky G, começou a se descobrir lésbica no primeiro-longa metragem da franquia, que estreou em março. "O filme está dizendo 'tudo bem' para todas as crianças em dúvida sobre quem são e em busca de sua tribo", declarou o diretor Dean Israelite ao site The Hollywood Reporter.

Motivo #267

Ian Thorpe, ex-nadador australiano que foi 11 vezes campeão mundial e 5 vezes campeão olímpico, saiu do armário em 2014, após vários anos negando ser homossexual. Agora, o moço passou a se engajar em causas LGBTs, como esta campanha pró-casamento igualitário na Austrália. Redenção?




Saiba mais sobre o Projeto Orgulhão