24/11/2015

Mais quatro desapegados!

Gente linda e muito querida se juntou ao Projeto Desapegão nas últimas semanas, deixando este blogueiro aqui nas nuvens e o time de parceiros da missão ainda mais bombado. Agora, são oito os bródis and sis que me acompanham no desafio de, durante 365 dias, doar duas peças de roupas a cada nova adquirida (comprada ou recebida de presente).

Conheça os primeiros quatro parceiros

Sejam bem-vindos, então, os lindushos da vez: Emilia Ohara, minha prima; Keiko Oyama, minha mama; Carolina Hanashiro, comadre desde 1918; e Leonardo Chiarini, pessoa fundamental para o blog e a vida ;). Digam aí, cremosos:

Emilia Ohara



"Acho que nasci desapegada e por isso me desfazer de roupas, acessórios e outros objetos é muito natural e tranquilo. Sempre que estou separando os objetos que vou dar, fico pensando se a pessoa que receber usará com carinho, porque dou com amor. Apesar de desapegada, sempre fui muito consumista, mas nos últimos anos tenho mais olhado do que comprado e, quando chego em casa, me parabenizo e vejo que ainda tenho muita coisa para doar - graças a Deus!"

Keiko Oyama



"Amei este projeto. Meu marido sempre reclama dizendo que tenho a mania de juntar muitas coisas sem necessidade. Acho que é uma boa oportunidade para começar a reverter (aos poucos, hehehe) a situação."

Carolina Hanashiro



"Não pude participar do primeiro projeto do blog (do qual sou fã), mas estou muito animada com o Desapegão. Acho que não será muito difícil porque já tenho o costume de doar uma peça para cada nova que entra no guarda-roupa. Nunca vendi minhas roupas, sempre passei para frente o que não queria mais. Além disso, embora ainda esteja longe de poder ser considerada uma 'pessoa desapegada', nos últimos anos, tenho comprado muito menos. E a verdade é que me sinto muito melhor hoje."

Leonardo Chiarini



"Minha maior inspiração para entrar neste projeto é seu próprio criador. Tenho o privilégio de ter a companhia do Má por quase 10 anos e, com ele, aprendi que dá sim para viver bem se desapegando dos bens materiais. Mesmo assim, ainda me considero uma pessoa consumista, tenho roupa demais, coisas que não uso. Com certeza fazer parte deste projeto vai servir para que me torne duplamente melhor: ser um consumidor consciente e uma pessoa mais caridosa. Obrigado ao Má por esta oportunidade! ;) (Ah, se eu tivesse cabelo, com certeza também teria participado do projeto anterior)."