02/09/2015

Quanto vale um cabelo?



Para alguns, ele é apenas sentimental - e, portanto, imensurável. Mas o valor do cabelo tem, sim, seu equivalente em cifras. E você nem precisa recorrer aos fabricantes de perucas e apliques para medi-lo: basta acessar o Mercado Livre.

Estão lá, anunciados junto a perfumes, crocs e DVDs, longos feixes capilares, com preços entre R$ 170 (50 gramas de fios) e R$ 2.490 (um quilo). Chocante, não? São anúncios que miram, sobretudo, o mercado bilionário do megahair, já mencionado neste post sobre o 'Livro do Cabelo', da jornalista e pesquisadora Leusa Araujo.

Segundo a autora, só no mercado europeu, as extensões de madeixas naturais movimentaram, em 2000, cerca de 30,7 bilhões de euros. Nas contas brasileiras, de acordo com reportagem do jornal 'O Estado de Minas', o impacto do megahair chegou a R$ 100 bilhões, em 2013.

Um produto tão lucrativo, obviamente, virou prato cheio para contrabandistas - e tem lotado os galpões da Receita Federal. No mês passado, a delegacia do fisco em Foz do Iguaçu (PR) apreendeu 249 quilos de cabelos trazidos ilegalmente da Índia (obrigado pelo alerta da notícia, Sabrina Braile! :) ). Avaliada em R$ 380 mil, a carga foi doada ao Banco de Perucas da Associação de Senhoras Rotarianas de Umuarama, cujo foco são mulheres em tratamento quimioterápico contra o câncer.

Sem dúvida, incômodos variados, éticos principalmente, me atormentam quando penso na comercialização de partes de um corpo - quaisquer partes. Entretanto, tento ser otimista e puxar a sardinha para o meu lado: se você também está em vias de doar o seu cabelo, agora, não tem mais dúvida do quão valiosa é esta doação.