05/07/2015

Update do cabelão #3: Gai



Já se passaram quatro meses desde que Agatha Kim, a Gai, decidiu me acompanhar na missão de ficar 365 dias seguidos sem cortar a juba, para doá-la, tornando-se, assim, uma das parceiras do projeto 1 deste blog. E como está sendo a experiência até agora? Linda e perfumada? Uma coceira no fiofó? Ela mesma conta.

Eu - E aí, Gai? Fala que eu te escuto.

Gai - Meu cabelo parece ter ganhado vida própria. Com volume, comprimento e peso novos, é hoje uma presença mais protagonista na minha vida. Para onde quer que eu olhe, ele lá está. Tenho muitos fios, pesados e grossos, que deixam rastros pela casa toda: no ralo do banheiro, no tapete, no travesseiro... O cabelo também virou tema. Como eu o deixei na mesma medida por muito tempo, agora, quem me vê sempre repara nele. "Nossa, que cabeluda!" Tem dias em que quero raspar, tem dias em que ele só sai preso e tem dias em que não sai.

Houve alguma mudança significativa na sua rotina desde que você entrou no projeto?

Mudaram os temas, mas os conflitos com o cabelo, como toda mulher bem sabe, se mantêm. Tive uma mudança comportamental, de mexer mais e tentar ajeitar esse novo corpo estranho à minha cabeça. De resto, tudo igual.

Com o conhecimento acumulado até aqui, você recomendaria a experiência para azamigues?

Por que não? :)

* * *

MAIS UPDATES DAS PERUQUETES

Paloma Cotes

Outra parceirona de missão, Paloma me mandou, via Facebook, imagens atualizadas da sua longa cabeleira, que entrou no oitavo mês de crescimento. Dá uma olhada na evolução:



Stella Ribeiro

Primeira a aderir ao projeto, no fim de outubro de 2014, Teca já cortou os cabelos e os doou. Muito obrigado pela participação!