14/08/2017

Abençoados e homenageados

Motivo #254

Lembra do casal Toni Reis e David Harrad, que batizou os três filhos adotivos na Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, em Curitiba? Pois bem: o reconhecimento da Igreja Católica à família não parou por aí. Papa Francisco - sim, the pope! - felicitou os dois papais e as três crianças por meio de carta enviada pelo monsenhor Paolo Borgia, assessor para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado do Vaticano. Leia aqui.



Motivo #255

Em São Paulo, o Museu do Futebol, aquele que fica no Estádio do Pacaembu, organizou uma homenagem ao primeiro time formado por homens trans do Brasil, Meninos Bons de Bola, que está completando um ano de vida. Duas quadras na Praça Charles Miller abrigarão um festival de futsal colorido, com 16 times 'alternas', compostos por gays, góticos, anarquistas, etc. Saiba mais.

Motivo #256

Coxim, município sul-mato-grossense, ganhou seu primeiro time de vôlei gay: The Panters. Ahazo, hein? Dos oito integrantes, apenas um é hétero (e lindamente simpatizante). Ao estrear nos Jogos Abertos da cidade, em julho, as panteras venceram o Unopar - time só de straights, claro - por 2 sets a 0. Pá!

Motivo #257

Um casal lésbico e interracial (com dois filhos phophuchos) foi o foco do último episódio da animação 'Doc McStuffins' ('Doutora Brinquedos', no Brasil), criada pela Disney. Na trama, duas mães - uma negra e uma loira - precisam bolar um plano emergencial para ser aplicado em casos de terremoto. Wanda Sykes e Portia de Rossi - atrizes maravilhosas e abertamente gays - dublaram as personagens. Disney rocks again!



Motivo #258

E tem mais! Deu no Huffington Post: Disney pode criar uma inédita princesa lésbica já em 2018. Ron Clements e John Musker, diretores do sucesso 'Moana', contaram ao site que o projeto está quase saindo do papel.

Motivo #259

Terry McAuliffe, governador do estado norte-americano da Virgínia, não se intimidou com a violência gerada por grupos supremacistas brancos e antigays na cidade de Charlottesville. Ao contrário do presidente Trump, McAuliffe peitou os extremistas. Em coletiva de imprensa realizada dia 12, disparou: "Vão para casa. Vocês fingem que são patriotas, mas são qualquer coisa, menos patriotas. Nós somos mais fortes. Vocês não vencerão. Não há lugar para vocês aqui."

Motivo #260

Temos Larissa França - e suas 61 medalhas de ouro no Circuito Mundial de Vôlei de Praia - em nossa areia.




Saiba mais sobre o Projeto Orgulhão

07/08/2017

Esparramai-vos

Motivo #247

A luta da comunidade LGBT por respeito e visibilidade em áreas diversas, como música, esporte e trabalho, foi tema de um 'Profissão Repórter' inteiro, dia 2, na - veja só - golpista Rede Globo. Caco Barcelos e equipe passearam com coragem pela cena colorida que já pinta desde o rap até o sisudo mundo corporativo. Ó:



Motivo #248

Em Belo Horizonte (MG), uma iniciativa inédita do Santuário São Judas Tadeu vem reaproximando gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros da Igreja Católica. Criada há um ano, a Pastoral da Diversidade Sexual acolhe fiéis LGBTs, sobretudo aqueles afastados do cristianismo pelo preconceito. Cura? Apenas da dor da exclusão, garantem os padres responsáveis. Veja mais.

Motivo #249

Depois de Viçosa (MG) e Rio (RJ), a prefeitura de Rio Branco (AC) publicou decreto determinando que travestis e transexuais da cidade sejam tratados pelo nome social em órgãos públicos municipais. Viva!



Motivo #250

Já no Amapá, Orgulhão em esfera estadual: o governador Waldez Góes acatou projeto da Rede Juventude LGBT e, mirando travestis e transexuais, criou a Carteira de Registro de Identidade Social, que terá validade nos órgãos do Estado. Leia aqui.

Motivo #251

Sem essa de "senhoras e senhores". As ferrovias públicas da Holanda anunciaram, dia 31, que passarão a chamar os passageiros de "beste reizigers", algo como "queridos viajantes", em favor dos usuários que não se identificam nem com o gênero masculino nem com o feminino. Paísão da porra!

Motivo #252

Direito hoje exclusivo dos casais heterossexuais, a barriga de aluguel pode ser estendida aos casais homossexuais em Israel, depois que o Tribunal Supremo local se mostrou favorável à mudança, semana passada. A decisão final, entretanto, sairá apenas em seis meses. Saiba mais.

Motivo #253

Temos Jonathan Groff no nosso time.




Saiba mais sobre o Projeto Orgulhão

31/07/2017

Não nos faltam soldados anti-Trump

Motivo #240

Até coleguinhas republicanos Donald Trump enfureceu com a decisão nazista de banir transgêneros das Forças Armadas norte-americanas. Pelo Twitter, o senador John McCain criticou Trump duramente, ressaltando que o presidente impôs um recuo gigantesco à política militar dos Estados Unidos. Já Caitlyn Jenner, transexual e "trumpista" assumida, resgatou um tweet em que o então candidato republicano se comprometia a batalhar pela comunidade LGBT. "Existem 15 mil americanos transgêneros e patriotas no Exército americano lutando por todos nós. O que aconteceu com a sua promessa de lutar por eles?", postou Caitlyn.



Motivo #241

No Instagram, várias celebridades também se revoltaram contra Trump, muitas delas usando seus feeds ou o stories para compartilhar a frase "trans rights are human rights". Figuravam no time pró-transgêneros nomes cintilantes como Ricky Martin, Sam Smith, Chelsea Handler, Gigi Hadid, Jesse Tyler Ferguson, Laverne Cox, Brian Smith, Daniel Newman, entre outros.



Motivo #242

Horas depois do veto às tropas trans nos Estados Unidos, o Ministério da Defesa do Canadá foi ao Twitter para mostrar que, nas Forças Armadas de lá, todos são bem-vindos. "Independentemente da sua orientação/identidade sexual, venha."

Motivo #243

Deu no Washington Post: o argumento (capenga) usado pelo presidente americano para expulsar militares transgêneros - "tremendos custos e interrupções médicas" que seriam causados por eles - é balela. Segundo estudo financiado pelo próprio Pentágono, apenas em Viagra as Forças Armadas dos Estados Unidos gastam cinco vezes mais do que despenderiam com a saúde dos oficiais trans.

Motivo #244

Aprenda, Trump. A Síria acaba de ganhar sua primeira unidade militar LGBT de combate ao Estado Islâmico, notório perseguidor da comunidade colorida. Trata-se do Exército de Liberação e Insurreição Queer, formado por voluntários internacionais e forças curdas. Leia aqui.

Motivo #245

Graças aos céus, nem tudo são trevas entre nações cristãs. Malta, país europeu predominantemente católico, legalizou o casamento gay em votação quase unânime, dia 13, no Parlamento local. "Alcançamos um nível de maturidade sem precedentes", afirmou o primeiro-ministro Joseph Muscat.

Motivo #246

Temos a credibilidade, a notoriedade, o prestígio - e os inebriantes olhos azuis - de Anderson Cooper no nosso time.




Saiba mais sobre o Projeto Orgulhão

24/07/2017

'Shantay, you stay'

Motivo #233

Cada vez mais héteros graçolas se enrolam na nossa bandeira. Como esses fãs declarados do reality 'Ru Paul's Drag Race', entrevistados em uma reportagem lindinha do UOL. "Se meu filho quiser ser drag, eu com certeza vou comprar maquiagem com ele", declarou um deles, levando sua namorada às lágrimas. Ovule você também aqui.



Motivo #234

Acusado de excretar declarações homofóbicas a alunos de Jornalismo da Universidade Federal do Acre (Ufac), o professor Mauro Cesar Rocha, docente de Sociologia da Comunicação, enfrenta agora processo administrativo aberto pela instituição. Rocha teria insultado a comunidade LGBT - e qualquer pessoa bem informada - com pérolas da bestialidade como "os homossexuais inventaram a aids" e "lésbicas são frutos de abusos dos pais".

Motivo #235

No Rio, travestis e transexuais agora podem registrar seus nomes sociais em um sistema informatizado da Coordenação de Emergência Regional da Barra da Tijuca, passando, assim, a serem tratadas por tais nomes em todos os serviços municipais de saúde. Delícia, não? Saiba mais.

Motivo #236

Rodrigo Rollemberg, governador do Distrito Federal, recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir a aplicação de um decreto que prevê multa a pessoas ou empresas da região acusadas de discriminar lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros. Isto porque, após articulação da bancada evangélica, a Câmara Legislativa vetou o decreto de Rollemberg com outro decreto. Veja aqui.

Motivo #237

O SporTV iniciou uma série sobre homofobia no futebol, acompanhando a bela iniciativa da ESPN. Assista ao primeiro episódio, aplauda, espalhe e orgulhe-se:



Motivo #238

Contratado há duas semanas para a equipe de eSports do Paris Saint-Germain (PSV), Tony Kok, jogador de 22 anos, acabou demitido dois dias depois. O motivo? Posts sexistas e homofóbicos escritos pelo atleta nas redes sociais. Kok bem que tentou deletá-los, mas muitos foram resgatados pelos internautas.

Motivo #239

Izzy Cerullo, atleta de rúgbi da Seleção Brasileira pedida em casamento pela então namorada, Marjorie Enya, durante os Jogos Olímpicos do Rio - virando símbolo da diversidade nos esportes -, oficializou laços com sua amada em um cartório da Carolina do Norte (EUA) e matou nosso time de orgulho.




Saiba mais sobre o Projeto Orgulhão

17/07/2017

Nascidos para estrelar

Motivo #226

Aterrissou, enfim, na TV paga brasileira, a elogiada minissérie 'When We Rise', criada por Dustin Lance Black, vencedor do Oscar de Melhor Roteiro por 'Milk: A Voz da Igualdade', e dirigida por Gus Van Sant, ganhador da Palma de Ouro em Cannes por 'Elefante'. Dividida em oito episódios, a trama conta como nasceu a luta LGBT por direitos civis, nos Estados Unidos da década de 70. Por aqui, a série é transmitida pelo Canal Sony (dublada ou sem legenda, infelizmente) e ganhou o (péssimo) nome de 'Quando Fazemos História'. Saiba mais.



Motivo #227

E tem mais Orgulhão para série-maníacos como eu: está quase certa a volta de 'The L Word' às telinhas norte-americanas, segundo o site The Hollywood Reporter. Pioneira e revolucionária por conta de suas até então inéditas protagonistas lésbicas, a série brilhou entre 2004 e 2009, dando ainda mais visibilidade à comunidade LGBT mundial. 'The L World' deve ser produzida novamente pelo canal pago Showtime, sob supervisão da criadora Ilene Chaiken.



Motivo #228

Back to real life, o Orgulhão não pára. Jahed Choudhury, de 24 anos, virou o primeiro homem muçulmano a se casar com outro homem no Reino Unido. Vestindo trajes tradicionais, los pombitos oficializaram a união no cartório de Walsall. Veja aqui e emocione-se.

Motivo #229

Pesquisa Datafolha mostra que aumentou a aceitação dos brasileiros em relação a gays e lésbicas. No último levantamento, 74% dos entrevistados se declararam abertos aos homossexuais; em 2014, eram 64%.

Motivo #230

Pela primeira vez na história do futebol brasileiro, um time foi denunciado ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por homofobia. Trata-se do Paysandu, que pode perder três pontos no Campeonato Brasileiro e ainda pagar multa de até R$ 100 mil. Isso porque, durante partida contra o Luverdense em Belém do Pará, integrantes de uma das organizadas do clube, a Terror Bicolor, agrediram torcedores da Banda Alma Celeste pelo simples fato de o grupo ter se manifestado a favor da causa LGBT. Leia aqui.

Motivo #231

Nos Estados Unidos, Ryan O'Callaghan, ex-jogador de futebol americano, revelou ser gay em entrevista ao site Outsports, do SB Nation, dirigido a atletas LGBTs. Ex-offensive tackle do New England Patriots e do Kansas City Chiefs, o californiano ainda contou que tinha planos de se matar. A ideia, diz, só foi demovida quando ele notou a aceitação de colegas como o ex-diretor dos Patriots e Chiefs Scott Pioli e o quarterback Aaron Rodgers, com quem jogou na universidade.

Motivo #232

Coragem à Caitlyn Jenner: ciclista multivitorioso do Tour de France e hoje aposentado, o escocês Robert Millar, de 58 anos, anunciou que é uma mulher e agora se chama Philippa York. Welcome to the team, dear!




Saiba mais sobre o Projeto Orgulhão